2001-2018, v5.1
 
 
 
 
/ JOGOS / THE WITCHER / BESTIÁRIO / RO-WE / SEÇÕES
 

Abaixo, os pontos fracos e fortes, melhores táticas e ingredientes que podem ser extraídos dos monstros em questão.

 

Royal Wyvern

Ocorrência: Royal wyverns são maiores e mais agressivos que seus primos mais comuns; eles vivem em áreas selvagens, geralmente em montanhas, já que gostam de construir seus ninhos em precipícios; eles atacam qualquer criatura que entra em seu território.

Imunidade: Resistentes a tentativas de atordoá-los, imunes a venenos e de maneira geral destemidos.

Vulnerabilidade: Sensíveis a prata e a ornithosaur oil.

Táticas: Eles mergulham em seus oponentes, tentam derrubá-los e envenená-los; eles são muito mais espertos que wyvens comuns e assim são mais difíceis de derrotar.

Alquimia: Toxin, wing membrane e venom glands.

O royal wyvern fêmea é menor mas muito mais esperto e venenoso que seu oposto. Ela pode ser agressiva tanto contra machos quanto outras fêmeas. Ela é um exemplo perfeito de como as relações de gênero entre humanos tem sua fonte no mundo animal. Isto não é de nenhuma maneira surpreendente.

- Master Dorgeray, Against the Institution of Marriage

 

Skullhead

Ocorrência: Essas criaturas foram extintas a séculos.

Imunidade: Seus crânios fortes os garantem resistência a tentativas de atordoá-los, enquanto seu centro de massa baixo torna difícil derrubá-los.

Vulnerabilidade: Sensíveis a prata.

Táticas: Skullheads aproveitam-se de seus braços grossos para atordoar e derrubar seus oponentes.

Alquimia: Beast liver, beast fangs, skullhead talons e tendons.

A pesquisa arqueológica é a única fonte de conhecimento sobre os skullheads. Reconstruções de esqueletos tornaram possível descrever a aparência e o movimento das criaturas. Se dirigindo a seus alunos, o professor Sendivoy Barren resumiu a pesquisa no skullhead dessa maneira: "Nós somos mais que afortunados por os bastardos terem acabado."

 

Striga

Ocorrência: Uma striga é uma mulher transformada em monstro por uma maldição; ela é cheia de ódio a todos os seres vivos, devorando-os com gosto; uma striga pode tolerar necrófagos; ela precisa de um esconderijo durante o dia, geralmente escolhendo um sarcófago em um ramal esquecido de uma cripta.

Imunidade: Resistente a aço.

Vulnerabilidade: Sensíveis a prata; uma striga pode ser libertada de sua maldição por aqueles que sobreviverem uma noite perto de seu sarcófago.

Táticas: Uma striga é uma criatura muito forte e ágil, mas não tão resistente como ela pode aparecer; ela ataca de surpresa e tenta mutilar seus oponentes sem dar chance de contra ataque; perto de seu sarcófago, a striga é sempre mais forte.

Alquimia: Striga heart.

"De onde ela vem? Feitiços, mágica?"

"Eu não faço idéia, majestade. Os sábios pesquisam esses fenômenos. Para nós witchers, é o suficiente saber que alguém poderoso pode criá-las. Nós também gostamos de saber como enfrentá-las."

"E matá-las?"

"Mais frequentemente, sim. É para isso que nós geralmente somos pagos. Poucos querem o feitiço removido. As pessoas normalmente só querem ser protegidas. Se o monstro matou pessoas, vingança pode ser outro motivo."

 

Vetala

Ocorrência: De acordo com a lenda, Vetala vive no cemitério de Vizima; ele é uma criatura extremamente inteligente a quem os outros necrófagos respeitam.

Imunidade: Imune a venenos comuns e resistente a tentativas de derrubá-lo; pele grossa e músculos fortes o protegem de golpes.

Vulnerabilidade: Sensível a prata e a necrophage oil.

Táticas: Tenta derrubar suas vítimas e comê-las vivas.

Alquimia: Graveir bone, white vinegar e cadaverine.

Vetala é uma besta mítica, inventada pelas pessoas comuns. Histórias sobre ele são exemplos típicos de lendas urbanas, espalhadas pelo boca a boca, e ficam cada vez mais fantásticas a cada vez que são recontadas. Acredita-se que Vetala é um ghoul ou graveir inteligente que vive no cemitério da cidade como senhor absoluto entre os carniceiros. Vetala não só fala a língua humana, como é conhecido por suas maneiras sofisticadas. É dito que Vetala prefere corpos ao invés de carne viva. Ele raramente ataca humanos e demonstra uma cortesia incomum nas raras ocasiões em que o faz.

 

Vodyanoi Priest

Ocorrência: Eles raramente vêm a terra firme, a não ser liderando uma divisão de guerreiros ou perseguindo um objetivo religioso.

Imunidade: Resistentes a incineração e a encantamento.

Vulnerabilidade: Uma vez em chamas, eles são sensíveis ao fogo; suscetíveis a cegamento.

Táticas: Priests auxiliam os guerreiros com mágica - eles são capazes de curar aliados e cegar oponentes.

Alquimia: Vodyanoi bladders, vodyanoi scales e stones of Ys.

Os vodyanoi são uma raça antiga e inteligente. Eles adoram seus próprios deuses e seus clérigos lidam com matérias divinas. Os povos da superfície sabem pouco dessas criaturas subaquático e dos cultos que florescem entre eles, e o que é conhecido inspira medo. Deuses das profundezas emprestam seus poderes aos clérigos vodyanoi, permitindo-lhes lançar maldições e feitiços.

 

Vodyanoi Warrior

Ocorrência: Eles vêm a terra firme para proteger seus domínios subaquático ou para atacar vilas humanas.

Imunidade: Resistentes a incineração.

Vulnerabilidade: Uma vez em chamas, eles são sensíveis ao fogo; suscetíveis a cegamento.

Táticas: Eles engorduram suas garras com um óleo que causador e geralmente são auxiliados por clérigos.

Alquimia: Vodyanoi bladders, vodyanoi scales e tendons.

A visão de vodyanoi warriors andando na superfície é um sinal de que uma violação foi cometida contra o povo peixe - ou a fronteira de um reino subaquático foi cruzada ou um tabu de uma das muitas religiões vodyanoi foi violado. O dever principal dos guerreiros é guardar os reinos subaquáticos, embora quando necessário eles deixam seus domínios para buscar justiça por alguma ofensa sentida. Ambas as tarefas são executadas com precisão e frieza. Eles não hesitam em sacrificar suas vidas no serviço aos poderes das profundezas.

 

Werewolf

Ocorrência: Lobisomens são licantropos, o que significa que eles são metamorfos; humanos se transformam em lobisomens como resultado de maldições; as criaturas vivem perto de aglomerações humanas.

Imunidade: Eles são resistentes a aço e a maioria dos efeitos.

Vulnerabilidade: Sensíveis a prata.

Táticas: Eles atacam com fúria e gostam de ficar na ofensiva, confiantes de sua resistência a armas convencionais.

Alquimia: Werewolf Fur.

Baron Wolfstein enterrou sua face em suas mãos. Seu coração estava palpitante. De repente o aroma do sangue de sua esposa e de seus filhos se intensificou. O corpo do barão inchou conforme seus músculos cresceram, sua vestimenta nobre caiu em pedaços no piso de mármore. "Meu amor, você... você é tão peludo. Você é um lobisomem!" Bianca ficou branca. "E o nosso amor?" Em resposta, ela ouviu um rosnado apavorante.

- Danielle Stone, The Curse of Baron Wolfstein and Other Love Stories


 
 
  2.12.1: APRESENTAÇÃO
2.12.2: PERSONAGEM
2.12.3: BESTIÁRIO
2.12.3.1: AL-BL
2.12.3.2: BR-DR
2.12.3.3: DR-GI
2.12.3.4: GO-KI
2.12.3.5: KI-NO
2.12.3.6: RO-WE
2.12.3.7: WI-ZE
2.12.4: MULHERES
2.12.5: ALQUIMIA
2.12.6: TALENTOS
2.12.7: IMAGENS
2.12.8: WALKTHROUGH
/ ENQUETE
 
O que você espera do Baldur’s Gate: Siege of Dragonspear?