AVENGERS OF BALDURAN
  JOGOS PLANESCAPE: TORMENT FACÇÕES MERCYKILLERS

Mercykillers
Outros Nomes: Red Death, the Hounds.

Filosofia: Justiça é tudo para essa facção. Não há ninguém que pode enganar a justiça, porque se você tentar, vai ter os Mercykillers no seu encalço. Leis existem com o propósito único de determinar quando a justiça deve ser cumprida; elas são a linha que divide os justos dos injustos. A Injustiça corrompeu o multiverso; quando toda a injustiça for removida, toda a sociedade planar será perfeita.

Alguns imploram por misericórdia, mas misericórdia é a base do criminoso. Se você não cometer crimes, você não precisa de misericórdia porque você está limpo aos olhos da Justiça. Quando você cruza a linha e se torna um criminoso, seus pedidos de misericórdia entram por um ouvido e saem pelo outro, porque os Mercykillers asseguram que cada crime é pago apropriadamente. Não há "circunstâncias atenuantes".

A maioria dos criminosos pensam que eles podem nos deixar para trás pensando que nós não cometeríamos crimes para pegá-los. Como todos eles logo aprendem, eles estão errados. Nós, os Mercykillers, fomos incubidos de distribuir justiça, e nós respondemos a uma lei maior. Quando não houver mais crimes, nós iremos nos retirar de bom grado. Mas até lá, nós existimos para caçar cada criminoso existente e fazê-los pagar por sua injustiça. Você pode contar com isso.

Influência: Os Mercykillers mantém duzias de postos avançados em Archeron, onde a estrita disciplina deste plano faz muitos recrutas Mercykiller. Injustiça em Archeron é rapidamente esmagada, do jeito que os Mercykillers gostariam que fosse em todos os outros planos. Em Sigil, os Mercykillers operam a Prisão, onde eles executam as sentenças de qualquer criminoso que eles ou o Harmonium pegam.

Política: Os Mercykillers fazem parte da Triade da Ordem em Sigil (Guvners, Harmonium e Mercykillers), e os três trabalham juntos na maioria das vezes para manter o pouco de ordem que existe na cidade. Em uma interessante reviravolta, ocasionalmente os Doomguard se aliam com os Mercykillers, vendo uma forma de entropia nas punições que a facção faz. Os Signers, Sensates e Anarchists em particular tem vários encontros desagradáveis com os Mercykillers, uma vez que esses grupos muitas vezes acham que estão acima da lei. A retribuição rápida dos Mercykillers fazem dos três seus potenciais inimigos.

Elegibilidade: Os Hounds, com suas regras rigorosas sobre justiça, só aceitam aqueles de alinhamento lawful na facção. Além disso, ladrões criminosos e qualquer outra pessoa com registros criminais são proibidos de entrar para a facção.

Benefícios/Penalidades: Em sua eterna busca em separar os culpados dos inocentes, membros dos Mercykillers aprenderam como detectar mentiras nas palavras de uma pessoa. Qualquer membro da facção pode usar discern lies uma vez por dia, com o nível de usuário de magia igual a metade do nível de classe, arredondando para cima. Além disso, quando em batalha contra um criminoso eles podem escolher atacar em nome da justiça. Esse tipo de ataque pode ser usado apenas uma vez por semana e tem que ser anunciado antes do ataque. Se o ataque falhar, é perdido, mas se o ataque acertar, o alvo é golpeado por energia espiritual e é paralisado por uma rodada. Durante o tempo que ele ficar paralisado, ele perde todos os modificadores de Destreza.

Mercykillers se consideram inocentes de qualquer crime cometido quando perseguem um criminoso. No entanto, se um Mercykiller cometer um crime, sabendo ou não, em qualquer outra situação, ele tem que se submeter a julgamento. Mercykillers são tipicamente muito cuidadosos e sérios sobre isso; um Hound na Prisão é geralmente tratado com desprezo e desrespeito extra por seus companheiros prisoneiros. Mercykillers que não se entregam para o julgamento são considerados medrosos e devem ser executados quando encontrados. Além disso, um Mercykiller tem sempre que aceitar a rendição do criminoso se ela for oferecida (assim ele pode cumprir sua punição) e não pode em hipotese alguma libertar um prisoneiro sob sua proteção até a punição do prisoneiro terminar.

Publicidade